segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Conhecendo as camisetas do Jefferson Kulig...

O paranaense Jefferson Kulig atua na fronteira entre arte, moda e pesquisa de materiais.
Com marca própria, faz coleções conceituais, com referências às ciências, arte, música literatura.
Muitas vezes, a complexidade de seus desfiles causa desconforto no público.
 
Curitibano, Kulig chegou a se formar na faculdade de economia, mas como não era possível negar a vocação para a moda, partiu em busca de especialização. Em 1993, foi estudar estilo e criação no Studio Berçot, de Paris, com Marie Rucki.

Jefferson Kulig estreou no São Paulo Fashion Week em 2003, lançando a coleção outono-inverno. Desde então, tem participado dos desfiles. Além da moda, dedica-se também às artes plásticas. Recentemente, foi premiado no Salão Paulista de Arte Contemporânea.

A linha de t-shirts, a Jeffer.son, mistura moda, tecnologia e sustentabilidade.
A malha com caimento diferenciado não marca no corpo, a elasticidade proporciona mobilidade e conforto e, além de tudo isso, as camisetas não precisam ser passadas, economizando tempo e energia.
Todo o processo de produção das peças se preocupa e respeita os critérios ambientais. Suas estampas utilizam o processo de tecnologia digital e o resultado é uma reprodução perfeita da imagem no tecido.
Pensadas a partir do conceito de moda aproveitável - que sempre estarão de acordo com qualquer que seja a última tendência - as peças podem combinar com várias ocasiões e estilos.
São mais de 70 estampas em cinco modelos de camisetas. A marca está presente em 180 pontos de vendas distribuídos em 20 estados do Brasil.
Texto e fotos: reprodução.